Google+

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Sobre o que me faz ter preguiça - capítulo 1

Eu amo (meus) gatos e quem acompanha qualquer coisa que eu faço pode notar. MAS eles são fonte inesgotável de algumas preguiças, como:

- bordar almofadas: eu sei bordar, tenho vários motivos bacanas aqui esperando uma chance. Mas quem diz que as lindezas durariam 24h sem um fio puxado por um espírito de porco felino e suas garras temidas?
- procurar um lindo (e barato) tecido prá refazer 2 sofás e 2 poltronas: de novo as garras detonam tudo o que vêem pela frente e me deixam sem ação, a ponto de por poucos segundos considerar humanitário retirar as garras deles.
- ter um atelier em casa, de verdade: a não ser que eu compre/ganhe um daqueles gatos sem pêlos (que considero horrendos e fedidos), toda hora tem uma nuvem no chão, minha blusa preta está "cinza" e minhas linhas batizadas.
- comprar roupas de tecidos mais finos e ser mais elegante: se todas as minhas calças jeans grossas tem marcas de fio puxados, imagina um vestido de seda pura?

Mas, como diriam os machistas: ruim com eles, pior sem eles! :) Amo meus bichanos e nenhuma dessas preguiças compensaria uma vida cat-free!

Mafalda manda um "viu, ela ama a gente!" pela piscadela

****

7 comentários:

Kellen Guimarães Pereira disse...

Olá Carola!
Achei muito lindo o seu trabalho com os pintinhos. Gostei tanto que indiquei seus mimosos no meu blog
http://www.meumundoamigo.blogspot.com
Sou mineira também uai!!! rs
Parabéns!!

Adri disse...

Ninguém merece viver sem ter tido - pelo menos uma vez - a companhia de um bichano em casa. É um dos meus grandes sonhos! E eu sou fã de carteirinha de todos os seus gatinhos!
Beijos

Sonia disse...

Nunca tive gatos mas sei do que vc está falando. Minha Lady destruiu 3sofás, todos os chinelos e meias da casa e, quando perdia pelo, a casa parecia cidade deserta do velho oeste com rolos de pelo voando pelo chão. Todas as roupas eram batizadas...kk
E eu adorava cada minuto.
bjs
Sônia

Bruna Saraçol da Conceição disse...

Oiii... me ví direitinho em cada frase tua!
Meu companheirinho felino é o walter. Um fofo cheio de pêlos e curiosidade!
Não sei mais o q é uma camiseta ou calça preta faz tempo... hahaha. Mas até esqueço as artes dele depois do "ronroninho" e da carinha dele me esperando.
bjoo

Vanessa Valadares disse...

Nossa descobri vc por acaso, lá no superzise. Estudei na mesma época que vc na estácio em JF. Tbm me formei em comercio exterior, mas não eramos da mesma sala. Quando vi sua foto, pensei, "nossa que mundo pequeno". Não eramos amigas....mas seu rosto super carismático não podia passar desapercebido por mim. Fora seu estilo, que eu adorava. Eu sou amiga da Kamilla que trabalhava lá...dela vc deve ser lembrar.
Enfim, foi bom te achar e já vou te seguir.
Beijokas

Pedaço de Amor disse...

ah, são adoráveis...estou com uma filhotinha capeta em casa (o marido diz que ela é bipolar) e uma outra, adotada já adulta. Acho o animal mais nobre que Deus inventou!
bjs
Elô

Carola Rodrigues: disse...

UFA! Que bom que não sou só eu no mundo com "preguiças" dos meus bichos de estimação! :D
E sim, cada segundinho vale a pena!

Vanessa, eu acho que lembro de você sim! Cabelo liso e castanho escuro, não?