Google+

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Gabriel, o Roubador do dinheiro público?

Não sei vocês mas eu estou TRI chateada e emputecida com essa história dos R$ 170.000 pro Gabriel, o Pensador fazer um show + vender 2000 livros +ser patrono da Feira do Livro de Bento Gonçalves - RS. Tá, nunca fui fã do sujeito e sempre achei a postura dele muito falsa, muito metidinho para ser tão "bom coração" quanto ele mesmo gosta de se auto-proclamar.

Aí vocês tão pensando, e daí, ele determina o preço do próprio show e as prefeituras e contratantes que concordem ou não. Né?! Concordo.

O problema é que os outros escritores que irão ao evento vão ganhar entre R$ 360 a 1000. E que CADA UM dos livros comprados pela prefeitura seria vendido pelo preço total de capa, R$ 36, e ainda, segundo o cantor/escritor, mais impostos .

Numa pesquisa pela net outros internautas acharam o mesmo livro por R$ 31,xx numa livraria online. E eu sei (é só perguntar ao Google) que livrarias trabalham com uma margem de desconto de 30% a ser pagos as editoras (pode ser mais, mas isso depende de negociação ou do livro). Logo, o mesmo livro sairia por pelo menos R$ 25,20, uma redução no custo da compra de algo em torno de R$ 21.600. DE DINHEIRO PÚBLICO! Meu, seu, NOSSO.

Aí, ainda por cima, você tem que ler que o sujeito está de "saco cheio" de pegarem no pé dele por conta dessa história e resolveu abrir mão do cachê e da venda dos livros e vai de graça, ser patrono, não aceitando nem os R$ 1000 oferecidos. Coitado, né? Perdeu a bocada e agora vem de mimimi.

Abaixo, um infográfico mostrando os números da palhaçada.

fonte: aqui

E vocês, concordam com quem?

Um comentário:

Marilia Baunilha e Patch disse...

SMais uma para nossa coleção de vergonhas nacionais.

Abraços,

Eneida