Google+

terça-feira, 26 de junho de 2012

Buenos Aires, frio e lãs

Sim, minha gente, eu estive em Buenos Aires! E engordei e passei frio e minhas pernas e pés doíam de tanto andar e fiz esse programa com a minha mãe, que nunca queria pegar táxi ou metrô, mas ônibus.

Sim, eu fui atrás de cacarecos e bugingangas artesanais e dos suprimentos. E fui muito surpreendida em algumas coisas, muito decepcionada em outras.

Durante essa semana vou postar algumas coisas sobre minha viagem, que acho importante compartilhar, por serem bobeiras legais ou dicas importantes.

Para começar, queria dizer o quanto fiquei espantada com as lojas tendo produtos artesanais que vi a venda em barracas dos artesãos, pela cidade. E em todos os lugares eles te dão os nomes, falam bem das marcas, mostram o que tem de diferencial, ou seja, vendem.

Minha experiência como artesã diz diferente: por aqui querem esconder suas marcas pois os clientes malignos vão procurar pela internet e comprar "mais barato", direto com você, criador.


Eu não me ative para comparar preços, é verdade, nem em saber se era por consignação ou venda; e isso meu portuñol avançado I não me permitiria.

Mas fica o desejo de que, algum dia, as coisas sejam assim por aqui, também: o que você vê com o criador também está nas lojas a um preço justo.

Ah, sim, não tem fotos porque eu ainda não baixei as fotos do meu celular e das câmeras. Me dá uma preguiça monstra só de pensar em fazer isso. hehe

Até mais e vivam uma vida mais colorida e feliz!

Nenhum comentário: